terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Prorrogado prazo dos beneficiários do LOAS no CadÚnico

A PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 5, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2017, prorroga o prazo para a inscrição dos atuais beneficiários idosos do Benefício de Prestação Continuada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.




sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

CFESS NOTIFICA EXTRAJUDICIALMENTE O INSS

























(Arte: Rafael Werkema/CFESS)

Durante o ano de 2017, o CFESS encaminhou ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vários documentos (ofícios, notas técnicas, pareceres jurídicos, pedidos de audiências) para debater sobre ações e normativas do instituto que buscam desestruturar a profissão e prejudicam a qualidade dos serviços prestados por assistentes sociais do órgão previdenciário.
 
Considerando que, passados vários meses, não houve, por parte do INSS, movimentação no sentido de resolução dos impasses informados, o CFESS notificou extrajudicialmente o instituto, para que tomasse providências quanto às comunicações do CFESS encaminhadas durante o ano. Nesta quinta-feira (21), terminou o prazo para resposta do INSS.
 

Fenasps, SGP-Planejamento e INSS realizam reunião conjunta para tratar de reivindicações pendentes

1
Última reunião havia sido em 23 de agosto. Relembre como foi aquele encontro (foto acima)

Como desdobramento da reunião realizada em 19 de dezembro na presidência do INSS, a Fenasps esteve presente, nesta quarta-feira, 20, em uma reunião conjunta com participação do instituto e da SGP/MP, representada pelo Sr. José Borges (CGNSP), substituindo o secretário do setor, Augusto Akira Chiba, que justificou ausência pois estava com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, analisando a decisão do STF que suspendeu os efeitos da Medida Provisória 805/2017.

Via ofício, Fenasps cobra do INSS mais informações sobre terceirização nas superintendências II e V

Após receber informações de que os superintendentes da SR II (Sudeste II) e SR V (Norte e Centro-Oeste) efetivaram a contratação de trabalhadores tercerizados para prestar serviços do INSS em Minas Gerais e no Distrito Federal, a Fenasps protocolou ofício, nesta quinta, 21, junto ao INSS questionando a presidência sobre o fato.

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Na primeira reunião com novo presidente do INSS, Fenasps reapresenta pauta e garante representatividade dos trabalhadores em GT que vai discutir indicadores da GDASS

Nessa terça-feira, 19, a Fenasps se realizou a primeira reunião com o novo presidente do INSS, Francisco Paulo Soares Lopes, no edifício-sede do instituto, em Brasília. A reunião, que contou com a participação dos representantes da Diretoria de Gestão de Pessoas (DGP), Alexandre Guimarães e da substituta Mônica Arcoverde, e da CNTSS, foi realizada em decorrência do ofício 260/2017, protocolado pela FENASPS em caráter de urgência.

Representaram a FENASPS: Ailton Vasconcelos (SP), Ana Colusso (DF), Daniel Emmanuel (RS), Gilberto Silva (SP), Luciano W Veras (SC), Mauro Mota (GO), Moacir Lopes (SP), Rita Cássia Assis (SP), Thaize Antunes (SP) e Viviane A. P Peres (PR).

Na pauta da mesma, foram discutidos os assuntos: pendências do acordo de greve 2015, dentre elas (regulamentação do Comitê Gestor da Carreira; indicadores do IMA/GDASS; REAT), condições de trabalho; insuficiência de servidores; Ação Civil Pública 26178-78.2015.4.01.3400 - atendimento prioritário de advogados nas agências do INSS dos Advogados; Serviço Social e Reabilitação Profissional; INSS Digital, Teletrabalho; Portaria n. 302 MDS 01/08/2017 – Criação de GT para rever os indicadores do INSS.

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

INSS: falta de servidores afeta atendimento em agências

A falta de servidores do INSS no Rio tem deixado segurados sem acesso atendimento e cobertura da Previdência Social. Uma fonte ligada ao órgão informou que apenas na Gerência Executiva Centro (Rio), dos mais de 600 servidores, cerca de 420, ou seja, 70%, estão aptos a se aposentar. Muitos já deram entrada nos pedidos de aposentadoria e, como vários deles têm direito a licenças-prêmio, esses funcionários solicitaram o afastamento à área de Recursos Humanos, o que tem comprometido o atendimento.

Sem servidores suficientes, quem precisa dos serviços enfrenta peregrinação. É o caso da jornalista Kátia Carneiro, de 53 anos, que desde novembro tenta requerer pensão por morte para sua mãe, a dona de casa Lygia da Costa Carneiro, de 87, que depende da renda para a compra de remédios. Ao tentar fazer o agendamento em novembro, semanas depois da morte do pai, ela foi informada de que somente conseguiria uma data para pedir o benefício em abril de 2018.

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

A lei da mordaça será o próximo ato?

Em tempo de reformas tenebrosas da legislação trabalhista e previdenciária, também de repressão a movimentos paredistas com descontos de salários (http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=328294), o governo Temer desfere mais um ataque a toda categoria do funcionalismo público, vetou o PL n° 3.831/2015, que estabelecia normas gerais para a negociação coletiva na administração pública direta, nas autarquias e nas fundações públicas dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, ou seja, extermina o único avanço para os servidores públicos de todo o país: o direito de sentar a mesa para negociar. 

Ministro Lewandowski suspende MP que reduz salário de servidores públicos federais

O ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski suspendeu a aplicação de artigos da Medida Provisória 805/2017 que, na prática, reduziam os vencimentos dos servidores públicos federais. Nos artigos 1° ao 34, o Presidente da República cancelava os aumentos já aprovados em anos anteriores, enquanto que o artigo 37 aumentava a contribuição social dos servidores ativos e aposentados, bem como dos pensionistas.
Ao conceder liminar na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5809, ajuizada pelo Partido Socialismo e Liberdade – PSOL, o ministro Ricardo Lewandowski demonstrou que, com a edição da medida provisória, “os servidores públicos do Poder Executivo Federal serão duplamente afetados pelo mesmo ato. Primeiro, por cercear-se um reajuste salarial já concedido mediante lei; depois por aumentar-se a alíquota da contribuição previdenciária, que passa a ser arbitrariamente progressiva, sem qualquer consideração de caráter técnico a ampará-la”.

ADIN do PSOL que favorece os funcionários públicos federais tem parecer favorável do MP

AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE. MEDIDA PROVISÓRIA 805/2017. ADIAMENTO DE REAJUSTES REMUNERATÓRIOS DE INÚMERAS CATEGORIAS DE SERVIDORES DO PODER EXECUTIVO FEDERAL. DIREITO ADQUIRIDO A PARTIR DA ENTRADA EM VIGOR DAS LEIS CONCESSIVAS DOS REAJUSTES. ALTERAÇÕES DAS DATAS DE IMPLEMENTAÇÃO: IMPOSSIBILIDADE. AFRONTA AO DIREITO ADQUIRIDO E À IRREDUTIBILIDADE DE VENCIMENTOS. ALÍQUOTA PREVIDENCIÁRIA. MAJORAÇÃO POR SISTEMÁTICA PROGRESSIVA: INVIABILIDADE CONSTITUCIONAL. DESVIRTUAMENTO DA CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA DA SUA FEIÇÃO CONTRIBUTIVA-RETRIBUTIVA. CARÁTER ARRECADATÓRIO. UTILIZAÇÃO DE TRIBUTO COM EFEITO DE CONFISCO.

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

FENASPS envia novo ofício a presidência do INSS reiterando pedido de audiência em caráter de urgência


https://drive.google.com/file/d/140Wwx2P3f0d2WbXGLCNtfTnMCux5QUE6/view?usp=sharing
Nesta quinta-feira a FENASPS fez novo apelo ao bom senso do nosso presidente, Sr. Francisco Paulo Soares Lopes, enviando o ofício n° 260/2017 na tentativa de que à audiência seja marcada para tratar de várias pendências relativas aos interesses dos trabalhadores, como o descumprimento do acordo de greve, regulamentação do Comitê Gestor, Insalubridade, discussão sobre os indicadores do IMA/ GDASS e REAT, condições de trabalho, falta de efetivo para o trabalho, convênio com a OAB, Serviço Social, Reabilitação Profissional, INSS Digital, dentre outras.


Resta saber se o nosso novo dirigente estará disposto a se abrir ao diálogo ou repetirá a postura de direções passadas, com decisões verticalizadas e sem discussão com a categoria e com as entidades que as representa.

Fonte: FENASPS

Fenasps ingressa com ADI no STF questionando MP que reajusta contribuição previdenciária

A Fenasps, por meio de sua Assessoria Jurídica, ingressou, no dia 7 de dezembro, com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a Medida Provisória n° 805. A MP prevê, a partir de 1° de fevereiro de 2018, aumento da contribuição previdenciária do servidor, de 11% para 14%. Esta ADI ajuizada pela federação possui número 5847 e foi distribuída ao ministro do STF, Ricardo Lewandowski.

O aumento seguirá os seguintes critérios: os servidores permanecerão contribuindo com o percentual de 11% até o teto do valor do teto do INSS, que em 2017 corresponde a R$ 5.531,31 (cinco mil quinhentos e trinta e um reais e trinta e um centavos). Sobre o valor de sua remuneração que ultrapassar o teto referido, incidirá a alíquota de 14%.

Anjo

Eles não são a maioria e nem a minoria, existem.

Por vezes é um estágio de quem não foi, ainda, aborrecido pela rotina de trabalhar ano após ano em uma instituição malmente adjetivada. Por outra é uma característica pessoal de quem anseia, e faz por merecer, o seu lugar no Céu. Num paraíso celeste onde apenas os santos têm lugar; onde poderão gozar, por toda a eternidade, das boas aventuranças de terem sido em vida, mais precisamente no INSS, anjos.

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

FENASPS: GOVERNO CRIA GRUPO DE TRABALHO DO INSS SEM REPRESENTAÇÃO DOS TRABALHADORES

2Confira abaixo íntegra da medida, assinada pelo novo presidente do INSS, Francisco Paulo Lopes Soares.

SE VOTAR, NÃO VOLTA! ANFIP - LINK DIRETO PARA FALAR COM OS DEPUTADOS

A Associação Nacional dos Auditores da Receita Federal se posicionou veementemente contra a Reforma da Previdência, expondo o absurdo que ela representa e os abusos que ela proporcionará. No site da Associação tem um texto explicativo e um link que eles criaram para que você mande um email para TODOS os deputados cobrando que votem NÃO à Reforma. Entra lá e manda seu email também! É fácil e rápido! Não esqueçam de compartilhar!

http://www2.anfip.org.br/_faleAnfip/

Fonte: ANFIP

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Nova liminar suspende propaganda da Reforma da Previdência

Juiz federal da Bahia concede nova liminar suspendendo a propaganda da Reforma da previdência, em ação proposta pelo Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal da Bahia - SINDJUFE.



Pleiteou-se a imediata retirada da propaganda do governo federal contra os servidores públicos, sobre a Reforma da Previdência.

Se Votar, Não Volta!

O GOVERNO NÃO TEM OS VOTOS PARA APROVAR A CONTRARREFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL. 
VAMOS FAZER PRESSÃO TOTAL SOBRE OS DEPUTADOS E SENADORES. 
    
      A FENASPS orienta todos os trabalhadores do Seguro e Seguridade Social a unirem forças com demais trabalhadores para fazer protestos atos por todo País botando pressão nos parlamentares. Fazer vigília, visitas e atividades nas residências escritórios de representação e nos Aeroportos. Pois se todos lutarem juntos este projeto do mal não passará. Estes  ditos representantes do povo tem que saber SE VOTAR FAVORAVELMENTE A PEC 287 NUNCA MAIS SERÁ ELEITO - NÃO VOLTARÁ. 

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Hackers invadem Previdência e ameaçam vazamento contra reforma

A reforma da Previdência poderá ser votada nas próximas semanas


Em ato político, hackers invadiram o site da Previdência Social e ameaçam vazar dados de brasileiros no sistema CADPREV. No caso, o ataque busca fazer pressão contra a reforma de previdência, propagada pelo presidente Michel Temer, PMDB e seus aliados. A reforma da Previdência poderá ser votada nas próximas semanas.
“Olá, presidente Michel Temer, presidente Rodrigo Maia e parlamentares, estou em posse da base de dados do sistema CADPREV da Previdência, são milhares de nomes, CPFs, emails, senhas, etc, um tipo de informação sensível que acredito que vocês não querem ver exposta”, notaram os hackers.

TRABALHADORES RURAIS OCUPAM AS RUAS NA SUPERINTENDÊNCIA DO INSS E EM BELO HORIZONTE EM ATO CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA


IMG 0436
Milhares de trabalhadores rurais ligados à Federação Estadual de Minas Gerais  realizam importante ato contra Reforma da Previdência. CLIQUE AQUI e confira mais fotos do Ato.
Fonte: SINTSPREV MG

FENASPS E ENTIDADES do FONASEF REALIZAM ATO NOS AEROPORTOS

fe6FENASPS e Entidades do FONASEF realizam no aeroporto de Brasília na luta contra a PEC 287. E mais uma pressão contra os deputados. SE VOTAR NÃO VOLTA!!

MANIFESTANTES PROTESTAM NA 11ª CONFERÊNCIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CONTRA O DESMONTE DO SUAS E A REFORMA DA PREVIDÊNCIA



Na 11ª Conferência Nacional de Assistência Social, em Brasília (DF), realizada entre os dias 05  a 08 de dezembro, ocorreu um Ato contra o desmonte do Sistema Único da Assistência Social Suas (VEJA AQUI) e a Reforma da Previdência.


Os manifestantes concentrados do lado de fora do evento conseguiram entrar no auditório e, com apoio dos participantes da conferência, interrompeu leitura do regimento interno para reafirmar que a conferência será de “resistência e luta dos/as trabalhadores/as e usuários/as em defesa do SUAS e Contra a Reforma da Previdência”. O auditório entoou o grito de “Fora Temer” (FONTE: CFESS).


No evento também foram distribuídos à nota conjunta do CFESS e FENASPS (VEJA AQUI) com um alerta sobre o BPC, que está em risco que é um dos principais benefícios da política pública da Assistência Social (FONTE: CFESS)


A redução do orçamento da política pública da assistência social bem como a proposta da Reforma da Previdência, trará severos problemas aos trabalhadores do país e em especial ao segmento mais pobre da população. 

domingo, 3 de dezembro de 2017

"Sopão dos trabalhadores X banquete dos privilegiados"


Enquanto acontece neste domingo dia 03/12/17, um jantar na casa do Deputado e Presidente da Câmara Rodrigo Maia, com a presença do Presidente Michel Temer, ministros e aliados, para debater a Reforma da Previdência, um grupo de manifestantes distribui sopão para contrapor ao banquete onde será rifada a Previdência Social.
Entre os manifestantes estavam servidores públicos e representantes das entidades FASUBRA e FENASPS.
O governo pretende efetivar a reforma, e trabalha com duas datas 13/12 e 20/12.
Para o governo, o trabalhador brasileiro merece o pior dos presentes de Natal.








Acesse nosso álbum de fotos:


NOVA DIRETORIA DA FENASPS É EMPOSSADA /RELATÓRIO DA PLENÁRIA

 Em plenária da Fenasps realizada em 03 de dezembro de 2017, nova diretoria da Fenasps é empossada.
Acesse nosso Álbum.  Mande sua foto pela FanPage: fb.com/nosdoinss

(VEJA AQUI) - RELATÓRIO COMPLETO DA PLENÁRIA 



Veja, abaixo, a composição da Diretoria Colegiada da Fenasps para o triênio 2018/2021, eleita no no XV Confenasps:


sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

FENASPS ORIENTA MANTER A MOBILIZAÇÃO E PARALISAÇÃO

Czrepudio500
O plantão da Diretoria Colegiada orienta os trabalhadores de todo País para intensificar a mobilização preparando a PARALISAÇÃO E LUTA NO DIA 05 DE DEZEMBRO.
Não é possível nenhum recuo diante dos ataques do governo ilegítimo que ataca sem tréguas as conquistas e direitos dos trabalhadores.
Estais centrais que recuaram da luta no momento que o governo não tem votos para aprovar a reforma. Não representa a classe trabalhadora , está traição da classe trabalhadora não será esquecida.

Vamos unificar as ações e organizar os comitês por locais de trabalho para todos estarem nesta luta. Vamos convocar a população para estarmos juntos nesta luta na defesa da Previdência Pública de qualidade e derrotar a contrarreforma da Previdência Social.

FONASEFE E FONACATE MANTÉM A MOBILIZAÇÃO NA GREVE GERAL DIA 05 DE DEZEMBRO

O FONASEFE (Fórum Nacional das Entidades dos Servidores Públicos Federais) e o FONACATE (Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado) que congregam mais de 50 entidades representativas dos Servidores Públicos Federais, diante da notícia da decisão de suspensão da Greve Geral do dia 05 de dezembro por parte de algumas centrais, vêm se posicionar pela sua manutenção, conforme definido pelas centrais sindicais e aprovado em reuniões conjuntas do FONASEFE e FONACATE

Nota da CSP-Conlutas contra a desmarcação da Greve Nacional de 5 de novembro

Nota oficial da CSP-Conlutas contra a desmarcação da Greve Nacional de 5 de dezembro

Hoje fomos surpreendidos com a desmarcação da Greve Nacional assinada pela cúpula de seis centrais sindicais (CUT, Força Sindical, CTB, UGT, NTSC e CSB). Isto, sem consulta prévia à CSP-Conlutas e sem consulta à suas próprias bases nos estados e nos sindicatos. Resolveram desmarcar por telefone a Greve Nacional convocada para o dia 5 de dezembro.  

Isto acontece exatamente no momento em que o governo Temer está com dificuldade em conseguir o número de votos necessários para a aprovação do fim da aposentadoria dos trabalhadores brasileiros. Acontece no momento em que na base aumenta a disposição em realizar a Greve Nacional e manifestações para derrotar definitivamente a Reforma da Previdência.

Este recuo é um grave erro e ajuda somente ao governo Temer. Não conta com o apoio da CSP-Conlutas! 

Este recuo significa abrir mão de uma ferramenta fundamental, que é a Greve Nacional, uma grande oportunidade de, pela ação direta, enterrarmos de vez essa reforma que acaba com a nossa aposentadoria e vem sendo articulada a base da compra de votos por um governo e um Congresso Nacional corruptos a serviço da burguesia desse país. 

A CSP-Conlutas chama a todos os sindicatos e organizações de base a se manterem mobilizados e realizarem assembléias, protestos e manifestações, a manterem a pressão sobre os deputados nas casas e aeroportos. Não vamos baixar a guarda!

O governo recuou apenas por uma semana, e se for colocar em votação a reforma, chamamos a todos os sindicatos e organizações a paralisarem o país imediatamente.

Só a luta unificada e uma Greve Geral podem derrotar o governo Temer e esse congresso de corruptos! 

Se quiserem votar, o Brasil vai parar!

Secretaria Executiva Nacional da CSP-Conlutas

Centrais sindicais suspendem a greve nacional no dia 5/12

Centrais sindicais suspendem a greve nacional no dia 5/12 após o cancelamento votação da Reforma da Previdência no dia 6/12

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

FENASPS comunica governo sobre paralisação

A FENASPS protocolou ofício comunicando ao governo sobre a paralisação do dia 05/12/2017, aprovado no XV Congresso Nacional da categoria.

A Greve Nacional foi convocada em defesa da Previdência Púbica, do direito à aposentadoria e contra o desmonte do Seguro e da Seguridade Social.

A formalidade é exigida pela legislação. Veja o ofício aqui.

Justiça Federal suspende propaganda "combater privilégios" do governo

Justiça suspende propagando da Reforma da Previdência do governo.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Quem tem privilégios?


O servidor público que tem descontos altíssimos no contracheque, paga previdência mesmo após aposentar-se e não tem direito a FGTS, continua sendo a bola da vez para justificar a temerosa Reforma.


E a grande parte dos nossos políticos, do alto dos seus verdadeiros privilégios, continua defendendo interesses escusos em prejuízo da população.

Temer torra 100 milhões em propaganda pró reforma da previdência.

Más a melhor propaganda é a boca a boca, e a Igreja vai distribuir santinho do deputado que votar a a favor da Reforma da Previdência!

Igreja vai distribuir santinho do deputado que votar a Previdência!

Para Reginaldo Andrietta, Reforma da Previdência ameaça a vida de milhões de brasileiros, especialmente os mais pobres. (Foto: CNBB/Divulgação)

Para o bispo de Jales (região sudeste de São Paulo, a cerca de 580 quilômetros da capital), Dom Reginaldo Andrietta, a proposta de Reforma da Previdência que o governo Temer quer ver votada ainda neste ano “reduz direitos constitucionais e ameaça a vida de milhões de brasileiros, especialmente os mais pobres”. Ele afirma que os argumentos do alegado déficit no sistema das aposentadorias são falsos e enganadores, e defende um levante popular pacífico, com a distribuição de “santinhos” contra parlamentares que votarem a favor da reforma.
“Que tal, então, levantarmo-nos em respeito às pessoas idosas de hoje e de amanhã?(…) David venceu Golias com uma simples funda. A força dos fracos está nas ações simples e contundentes”, diz o prelado em artigo publicado na semana passada no site da Diocese de Jales, cidade do interior de São Paulo.

Adeus Gadelha. Sentiremos saudades ?


Com os olhos nas eleições de 2018, contando com a falta de memória do eleitorado brasileiro e tentando fugir do desgaste eleitoral ocasionado pela reforma da Previdência, o presidente do INSS, Leonardo Gadelha, decidiu antecipar sua saída do governo pedindo exoneração do cargo, que passará a ser comandado por Francisco Paulo Soares Lopes, atualmente assessor da Presidência da Dataprev. Publicado no DOU de hoje.

Vejas as nomeações de 100 servidores (Gex/Local/Nome)

No DOU de 29/11/2017 (baixe aqui), saiu as nomeações de 100 servidores, como anunciado em 21/11/2017 porem longe de reduzir o déficit de servidores da casa, que recentemente foi objeto de ofício ao planejamento.

Situação das Comissões de Avaliação de Recursos

No dia 28/11/2017 teve início o prazo de julgamento dos recursos pelas CAR de cada gerência executiva. 


As Comissões de Análise de Recursos devem ser compostas por dois representantes dos servidores, além dos representantes indicados pelo gerente executivo.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

UOL: Aposentadoria de quem contribui por 15 anos cai de 85% para 60% com reforma

E a população sendo levada a pensar pela propaganda do Governo nos meios de comunicação, de mais de 99 milhões de reais,  que última versão reforma da previdência a ser votada no dia 05/12 na Câmara de deputados atingirá exclusivamente os servidores, chamado de privilegiados da nação, excluindo os mais pobres e necessitados. Ledo engano, morrerá todo mundo abraçado (menos os verdadeiros privilegiados...), veja matéria do UOL na integra:

Se a proposta de
reforma da Previdência for aprovada, o trabalhador poderá se aposentar após 15 anos de contribuição ao INSS, como acontece atualmente. No entanto, receberá um valor menor do que receberia hoje. Pelas regras atuais, após 15 anos de contribuição, esse trabalhador tem direito a receber 85%* da sua aposentadoria integral. Pelas novas regras, cairia para 60%. 
As novas regras propostas estabelecem que, para se aposentar, os homens precisarão ter no mínimo 65 anos e as mulheres, 62 anos. Ambos devem ter contribuído pelo menos 15 anos com o INSS --para servidores públicos, serão pelo menos 25 anos de contribuição.

Do SABI ao caos

Em dias de iminência da votação da tenebrosa Reforma da Previdência, que pretende dificultar o acesso da população as aposentadorias e pensões, nivelar o salário de trabalhadores por baixo e aniquilar o serviço público federal, o INSS mais uma vez gera desconfiança ao realizar mudanças significativas na perícia médica do instituto (veja a  IN N° 90/2017 PRES/INSS de 17/11/2017). 

ATENÇÃO BPC EM RISCO!!! (NOTA CONJUNTA CFESS e FENASPS)


Entidades FENASPS e CFESS publicam nota conjunta, repudiando as medidas em curso de violação e restrição do acesso ao Benefício de Prestação Continuada (BPC), direito da população mais pobre.  A nota é fruto dos encaminhamentos da reunião conjunta entre FENASPS, CFESS e Comissão Nacional de Assistentes Sociais da FENASPS  (VEJA AQUI).






FONTE: CFESS e FENASPS


Entidades reúnem com Presidente da Câmara


Conforme acertado durante o ato de hoje; iniciou as 18:30 horas audiência com o presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia e
uma Comissão de Entidades - FASUBRA - CSP Conlutas - FONASEFE - ANDES - FENASPS - FONACATE - SINASEFE e os deputados Chico Alencar e  Glauber PSOL.


Recebemos um vídeo que relata objetivamente: Quem define é a RUA! E confira aqui os deputados que você deve fazer pressão!



28Nov - Dia de Luta em Brasília!



André Moura (PSC-SE), emplacou o novo presidente do INSS.

A nomeação de Francisco Paulo Soares Lopes, que será publicada nesta quarta (29), foi publicada pela folha.

Em agosto, Temer mandou exonerar indicados do líder do governo no INSS.

Sem informar CPF, Casa Civil nomeia novo DPG do INSS

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL O MINISTRO DE ESTADO CHEFE DA CASA CIVIL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto no art. 2o do Decreto no 8.821, de 26 de julho de 2016, resolve:
Nº 1.082 - EXONERAR ALTAMIRO PEREIRA FALEIRO JÚNIOR do cargo de Diretor de Gestão de Pessoas do Instituto Nacional do Seguro Social - INSS, código DAS 101.5.
Nº 1.083 - NOMEAR ALEXANDRE GUIMARÃES, para exercer o cargo de Diretor de Gestão de Pessoas do Instituto Nacional do Seguro Social - INSS, código DAS 101.5.
ELISEU LEMOS PADILHA

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Acabar com a Previdência e não com a Corrupção? Veja nova campanha!


Veja o Relatório da CPI da Previdência, entenda que ela não é necessária! Lute por uma Previdência Social pública, justa e solidária!
Precisamos de uma auditoria não uma reforma!

CARTA ABERTA À, POPULAÇÃO: A VERDADE SOBRE A PREVIDÊNCIA

A chamada “nova proposta” ou proposta “enxuta” da REFORMA DA PREVIDÊNCIA é cruel para o conjunto da classe trabalhadora! Se aprovada, quem já contribui, seja para o Regime Geral (celetistas/contribuintes individuais), seja para o Regime Próprio dos servidores públicos, terá muita dificuldade de se aposentar!

O governo Temer governa sem o povo e contra o povo, massacra os trabalhadores e usa de estratégias divisionistas para avançar contra os direitos sociais, com a cumplicidade bem remunerada de Deputados e Senadores. E estes que não esqueçam! ”QUEM VOTA CONTRA O POVO, NÃO VOLTA!

Greve Geral dia 5 - Compareça à assembleia do seu sindicato e participe!

Em 02/12/2017 ocorrerá em Brasilia, uma plenária da FENASPS, entre os assuntos está a Greve Geral do dia 5/12, um dia antes da data programada da Reforma da Previdência!

Reaja!

Compareça as assembleias do seu Sindicato (veja telefones aqui) e participe!

No momento da publicação, os professores federais (FASUBRA) estão em Greve e ocupando o Ministério do Planejamento.

Confira aqui os deputados que você deve fazer pressão!

domingo, 26 de novembro de 2017

FENASPS, CFESS e COMISSÃO NACIONAL DE ASSISTENTES SOCIAIS DA FENASPS REALIZAM REUNIÃO CONJUNTA

Presentes:

FENASPS: Carlos Roberto dos Santos (DF) – Diretoria da FENASPS; Cleuza Faustino (MG) – Diretoria da FENASPS; Deise Lúcia do Nascimento (SP) - Diretoria da FENASPS; Ailton Marques de Vasconcelos (SP); Jorge Ricardo Moreira (RS) – Comissão Nacional de Assistentes Sociais da Fenasps.

CFESS: Conselheiras do Conselho Federal de Serviço Social e Assessoria Jurídica

A reunião foi realizada em 23/11/2017 durante a reunião do pleno do CFESS, decorrente do encaminhamento da última reunião realizada em 03/11 (VEJA AQUI)cuja pauta foi à discussão da construção de ações entre as entidades em defesa da política de Previdência Social pública e de qualidade, com destaque para as tentativas em curso de extinção o Serviço Social do INSS.

CLIQUE AQUI e confira na íntegra o Relatório da Reunião.

FONTE: FENASPS

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Caminhos líricos

No dia 22 de novembro publicaram-se portarias que nos levaram cinco colegas. Todos exonerados a pedido, no propagado Plano de Demissão Voluntária promovido pelo governo federal.

NOTA DE REPRESENTANTES DE SERVIDORES NAS COMISSÕES DE AVALIAÇÃO

Temos recebido reclamações sobre o SISGDASS, que está inconsistente desde ontem. 

Os colegas que não estiverem conseguindo entrar com recurso da avaliação no próprio sistema, estamos orientando a preparar o documento e enviá-lo via SIPPS e/ou encaminhar via e-mail para a SOGP da sua GEX.

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

INSS pede ao planejamento a nomeação de todos excedentes

Em nota técnica INSS pede ao planejamento a nomeação de todos excedentes do último concurso e outros milhares das diferentes carreiras, totalizando 16.548 vagas.

Veja ofício (aqui) recebido pelo Blog.

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

EMENDA AGLUTINATIVA À PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA

O QUE FOI SUPRIMIDO DA PEC?
O QUE FOI ALTERADO NA PEC?
O QUE PERMANECEU NA PEC?
Segue neste PDF RESUMO (baixe aqui!)

Segue neste PDF Texto Completo (baixe aqui!)


Você é o menu do jantar de Temer a deputados pela Reforma da Previdência

Recomendamos a leitura do Blog do Sakamoto, da matéria: Você é o menu do jantar de Temer a deputados pela Reforma da Previdência.

Ao lado segue charge com mesmo tema.

A mentira dos privilégios previdenciários

WhatsApp Image 2017 11 22 at 10.14.01BSPF     -     19/11/2017 
O governo mais fisiológico, mais elitista e mais envolvido nas práticas de corrupção dos últimos tempos, capitaneado por Temer, Meireles e Padilha, trama uma nova investida para aprovar a tal “Reforma da Previdência”. Trata-se, na forma apresentada originalmente e nas versões “enxutas” que se seguem, de mais uma iniciativa majoritariamente voltada para conter despesas públicas a partir da redução de direitos sociais. Nesse contexto, o mercado, sobretudo financeiro, festeja a possibilidade de engordar superávits e, assim, carrear mais recursos para o pagamento da perversa dívida pública.